Quem é o seu cliente?


who-is-your-customer2

 

Conheço muito empresário que, quando questionado sobre “quem é o seu cliente?”, responde de pronto:

–       Todo mundo! Meu produto é único/lindo/barato/fácil/melhor/essencial… Todo mundo pode

A verdade é que não é bem assim… Entendo que a maioria de nós gostaria que seu produto ou serviço fosse consumido pelo planeta inteiro! Mas, cá entre nós, é assim mesmo?

Não, não é. Por isto é tão importante saber verdadeiramente quem é seu cliente! Quem você quer servir, quer conquistar, que manter e consolidar relações comerciais duradouras e valiosas.

shutterstock_8157972

Quem é seu cliente? Qual é sua idade? Onde ele mora? Quanto ganha? Quais são seus hobbies? É casado? Quais são seus valores primários? Quais os motivos que levam ele a decidir por um produto ou serviço? O que eles esperam de um produto ou de uma empresa? Como eles adquirem informações do que precisam?

Você pode encontrar as respostas para estas perguntas de várias maneiras. A melhor delas é, sem dúvida, uma pesquisa, com clientes da sua empresa ou potenciais clientes. Entender por exemplo quais problemas ou necessidades buscam resolver pode ser algo fundamental na estratégia de abordagem de seus clientes.

Outra fonte preciosa de informações pode ser seus colaboradores – que estão a maior parte do tempo lidando com os clientes. E, mais uma vez a pesquisa, desta vez feita com os colaboradores, pode ajudar-lhe a definir o perfil do seu cliente. Também os bancos de dados já existentes, ou a interação com as redes sociais, podem ajudar nesta definição.

personas_2rowst

Com isto em mãos, crie o que o marketing chama de “personas”, ou personagens fictícios com a reunião destas características traçadas. A busca é tentar reunir sob um mesmo personagem pontos marcantes como questões demográficas, valores e metas, as experiências procuradas, os problemas a serem resolvidos, suas fontes de informações, e reunir os adjetivos que melhor descrevem esta “persona”.

A esta altura alguns podem estar pensando: será mesmo que essa preocupação é necessária para o meu negócio? A resposta é afirmativa! Todo empreendedor precisa conhecer profundamente seus clientes! E a criação de personas é o primeiro passo para isto. Independente do ramo que você se encontra – ou pensa em começar – estabelecer claramente estas características do seu cliente-padrão traz vários benefícios.

Customer value target

Como por exemplo qual a melhor forma de investir em propaganda, pois não adianta você patrocinar o seu time do coração se o seu cliente na verdade nem gosta de futebol! Essa curiosidade em conhecer mais o cliente ajuda ainda no desenvolvimento de produtos e serviços ou na expansão do negócio a novas áreas, alinhando os investimentos às demandas existentes. Lembre-se: necessidade não se cria! Necessidade é uma aspiração natural, nasce com o ser humano! Daí cabe a você, como empreendedor, atender a esta necessidade!

Sempre que me perguntam “onde o empreendedor precisa dedicar mais atenção”, minha resposta é: no cliente. Ele é o maior motivo da sua empresa existir, é como o ar que você respira ou a batida do seu coração. Pense nisso! Bom trabalho! Sucesso!


 

Semio Timeni Segundo é Business Coach

 

Tags:, , ,